Document

PRÊMIO “RUI BIANCHI”

13 / 11 / 2018

Confira a classificação dos finalistas nas categorias:

WEB:

3º lugar
Membro: Aline Maria de Castro Silva
Estado: SP
Veículo: Bom Dia TRT
Reportagem: Ações de acessibilidade no TRT-2

3º lugar
Membro: Jairo Marques da Costa
Estado: SP
Veículo: Folha de S.Paulo
Reportagem: Cães para a liberdade

2º lugar
Membro: Luiz Alexandre Souza Ventura
Estado: SP
Veículo: blog Vencer Limites
Reportagem: Igualdade no trabalho é prioridade

2º lugar
Membro: Leticia Alves Leite
Estado: SP
Veículo: Portal Acesse
Reportagem: A empresa ideal: tudo o que você precisa saber para contratar colaboradores com deficiência

2º lugar
Membros: Helena Castro de Alencar; Ivanna Aguiar de Castro; Marcos Miguel Rosado Júnior; André Luiz Vasconcellos Zahar; Edson Alves de Assis Junior; Ana Lúcia Bezerra Lins
Estado: PE
Veículo: Jornal Tribuna Parlamentar
Reportagem: A luta pela inclusão

1º lugar
Membro: Ariany Ferraz Freitas
Estado: SP
Veículo: Fundação FEAC
Reportagem: Jovens com Síndrome de Down lideram evento sobre inclusão no mercado de trabalho


RÁDIO
:

3º lugar
Membro: Larissa Bortoni Dias
Estado: DF
Veículo: Rádio Senado
Reportagem: Adultos autistas: Onde eles estão?

2º lugar
Membro: Verônica Lima Nogueira da Silva
Estado: DF
Veículo: 15 minutos de cidadania – Rádio Câmara
Reportagem: 15 minutos de Cidadania – Acessibilidade

2º lugar
Membro: Stephanie Haidar Bertozzo
Estado: SP
Veículo: Rádio CBN Campinas
Reportagem: Piquenique inclusivo reúne famílias na Pedreira do Chapadão, em Campinas

1º lugar
Membro: Ewerton Batista Correia
Estado: PB
Veículo: Programa BandNews 2ª Edição / Rádio BandNews FM Manaíra (João Pessoa-PB)
Reportagem: O som da inclusão


TV
:

3º lugar
Membro: Anna Paula Correia Ferreira e Cardoso
Estado: SE
Veículo: Programa Como Será? / TV Globo
Reportagem: Sorveteria Inclusiva

2º lugar
Membros: Marcos Vinícius de Rolemberg Soares; Maria Luciene Carvalho Costa; José Aldo Correia; Danielle Mota Lins
Estado: AL
Veículo: Programa Como Será? / TV Globo
Reportagem: Partiu Férias: turismo acessível em Alagoas

1º lugar
Membro: Carlos Henrique Rodrigues Balbino
Estado: DF
Veículo: TV TST / TV Justiça
Reportagem: Reportagem Especial – Inserção de pessoas com síndrome de down no mercado de trabalho


IMPRESSO
:

3º lugar
Membro: Rômulo Almeida da Costa
Estado: CE
Veículo: O Povo
Reportagem: Especial Ceará Cidadão Acessibilidade

3º lugar
Membro: Larissa Franke Roso
Estado: RS
Veículo: Jornal Zero Hora
Reportagem: Vitória Quer Voar

2º lugar
Membros: Wagner Mendes Crispim; Daniela Nogueira de Souza; Lucas Silva Gomes Mota; Isabel da Silva Costa
Estado: CE
Veículo: Jornal O POVO
Reportagem: Especial Educação Inclusiva

2º lugar
Membro: Felipe Grune Ewald
Estado: RS
Veículo: Jornal da Universidade
Reportagem: Barreiras Transponíveis

 2º lugar
Membro: Leandra Francischett
Estado: PR
Veículo: Jornal de Beltrão
Reportagem: Piso tátil orienta os cegos, o problema é quando ele termina no rio

1º lugar
Membros: Taís de Oliveira Lambert; Audrey Candido Scheiner; Brenda Loci Umbelina Cruz; Mayra Baptista Ribeiro
Estado: SP
Veículo: Revista D+
Reportagem: Precisamos falar das flores que secam

— 

Cerimônia de premiação – os julgamento será conhecido durante cerimônia de premiação, que ocorrerá em 12 de dezembro de 2018, quarta-feira, às 18h, local Auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) – Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 564, Portão 10, Barra Funda, São Paulo/SP.

Confira a lista dos finalistas:

Categoria Impresso: Nomes: Taís de Oliveira Lambert, Audrey Candido Scheiner, Brenda Loci Umbelina Cruz, Mayra Baptista Ribeiro – Revista D+/SP; Nomes: Wagner Mendes Crispim, Daniela Nogueira de Souza, Lucas Silva Gomes Mota, Isabel da Silva Costa - Jornal O POVO/CE; Nome: Felipe Grune Ewald - Jornal da Universidade/RS; Nome: Leandra Francischett - Jornal de Beltrão/PR; Nome: Larissa Franke Roso - Jornal Zero Hora/RS; e Nome: Rômulo Almeida da Costa - O Povo/CE.

Categoria Web: Nome: Ariany Ferraz Freitas – Fundação FEAC/SP; Nomes: Helena Castro de Alencar; Ivanna Aguiar de Castro; Marcos Miguel Rosado Júnior; André Luiz Vasconcellos Zahar; Edson Alves de Assis Junior; Ana Lúcia Bezerra Lins – Jornal Tribuna Parlamentar/PE; Nome: Leticia Alves Leite - Portal Acesse/SP; Nome: Luiz Alexandre Souza Ventura - blog Vencer Limites/SP; Nome: Aline Maria de Castro Silva - Bom dia TRT/SP; e Nome: Jairo Marques da Costa - Folha de S.Paulo/SP.Categoria Rádio: Nome: Ewerton Batista Correia - Programa BandNews 2ª Edição / Rárdio BandNews FM Manaía (João Pessoa-PB); Nome: Stephanie Haidar Bertozzo - Rádio CBN Campinas/SP; Nome: Verônica Lima Nogueira Da Silva - 15 Minutos De Cidadania - Rádio Câmara/DF; e Nome: Larissa Bortoni Dias - Rádio Senado/DF.

Categoria TV: Nome: Carlos Henrique Rodrigues Balbino, TV TST / TV Justiça/DF; Nomes: Marcos Vinícius de Rolemberg Soares, Maria Luciene Carvalho Costa, José Aldo Correia Danielle Mota Lins - Como Será?/TV GLOBO/AL; e Nome: Anna Paula Correia Ferreira e Cardoso - TV GLOBO- PROGRAMA COMO SERÁ/SE.

Para solucionar dúvidas, estamos a disposição pelo telefone (11) 5212-3772 ou e-mail premioruibianchi@sedpcd.sp.gov.br

Comissão Organizadora – Prêmio Rui Bianchi

 

O Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” foi instituído pelo Decreto Estadual nº 58.904, de 22 de fevereiro de 2013, com objetivo de premiar autores de matérias jornalísticas que promovam a percepção das pessoas com deficiência em suas diferentes dimensões sociais, políticas e subjetivas, como cidadãos titulares de plenos direitos, em especial para tomar suas próprias decisões e influir em todas as instâncias da sociedade.

IMPORTANTE:

– As inscrições estão limitadas a, no máximo, 3 (três) trabalhos por autor ou equipe de autores, em quaisquer categorias, sendo que uma mesma matéria só poderá ser inscrita em 1 (uma) única categoria.

– Todos as matérias devem estar consolidadas em um único arquivo para permitir a avaliação integral da obra pelos jurados.

Inscreva-se pelo link: https://goo.gl/5GDJfv

Contato: premioruibianchi@sedpcd.sp.gov.br

REGULAMENTO

O PRÊMIO

  1. O Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” foi instituído pelo Decreto estadual nº 58.904, de 22 de fevereiro de 2013, com objetivo de premiar autores de matérias jornalísticas que promovam a percepção das pessoas com deficiência em suas diferentes dimensões sociais, políticas e subjetivas, como cidadãos titulares de plenos direitos, em especial para tomar suas próprias decisões e influir em todas as instâncias da sociedade. O Prêmio tem como finalidade:
  2. a) Reconhecer e premiar jornalistas que, por meio de seu trabalho, colaboram com a promoção da Cidadania, dos Direitos Humanos e Inclusão Social das pessoas com deficiência;
  3. b) Homenagear personalidades e profissionais da comunicação que se destacam na defesa da direitos, da cidadania, dos Direitos Humanos e inclusão social das pessoas com deficiência;
  4. c) Reverenciar a memória do jornalista Rui Bianchi do Nascimento e, através dele, demonstrar apreço a todos os militantes do movimento social das pessoas com deficiência, o qual logrou importantes transformações para que a sociedade brasileira se torne mais inclusiva.

Para efeitos deste Regulamento, pessoas com deficiência “são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas”, nos termos do  Artigo 1º da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, aprovada pelo Congresso Nacional por meio do Decreto Legislativo nº 186, de 9 de julho de 2008, e promulgada pela Presidência da República, através do Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009.

 

CATEGORIAS

  1. O Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” tem abrangência nacional e recebe, neste ano, inscrições em quatro categorias:
  2. Produção jornalística em texto publicadas em veículos impressos;
  3. Produção jornalística em áudio publicadas em veículos de rádio;
  4. Produção jornalística em vídeo em vídeos televisivos;
  5. Produção jornalística publicadas em veículos de internet.

 

INSCRIÇÕES

  1. A participação no Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” é aberta a jornalistas profissionais brasileiros com registro profissional (MTb) e suas equipes cuja produção inscrita seja, necessariamente, da área jornalística.
  2. Serão aceitas inscrições de produções jornalísticas, tais como reportagens, reportagens especiais, entrevistas, documentários, colunas, etc, excluindo-se informes publicitários, conteúdo originalmente produzidos para campanhas políticas e materiais institucionais de qualquer natureza, publicados ou veiculados no período compreendido entre 01 (um) de janeiro de 2016 (dois mil e dezesseis) e 31 (trinta e um) de agosto de 2018 (dois mil e dezoito), inclusive.
  3. As inscrições serão gratuitas e terão início às 15h do dia 01 de agosto de 2018, com encerramento no dia 31 de outubro de 2018, às 18h, impreterivelmente.
  4. As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet por meio do site do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” (www.memorialdainclusao.org.br) mediante o preenchimento completo da Ficha de Inscrição online e o envio do material produzido em arquivo no formato e tamanho indicados abaixo, observando atentamente o item 6.1.

– Produções jornalísticas em vídeo (vide item 6.1)

– Produções jornalísticas em áudio (vide item 6.1)

– Produções jornalísticas em texto = arquivo formato PDF de até 10MB

– Produções jornalísticas em internet = url do site

 

6.1 – IMPORTANTE:

  1. a) Todos as matérias, independente de formato vídeo, som, imagem ou texto, devem estar consolidadas em um único arquivo para permitir a avaliação integral da obra pelos jurados.
  2. b) Produções em vídeo – sejam documentários ou reportagens, se em série ou capítulos, devem ser enviados em um único arquivo com a sequência correta do primeiro ao último capítulo.
  3. c) Os vídeos devem estar em formato aberto em arquivos com uma das seguintes extensões: .MOV / .MPEG4 / .MP4 / .AVI / .WMV / .MPEGPS / .FLV 3GPP ou WebM e podem ser enviados online por sistema de compartilhamento de arquivos pesados, como Google Drive, WeTransfer, One Drive e similares.
  4. d) Arquivos de áudio devem estar em formato aberto com as seguintes extensões: WAVE (WAV), MP2, MP3, ou WMA e podem ser enviados online por sistema de +compartilhamento de arquivos pesados, como Google Drive, WeTransfer, One Drive e similares.

6.2 – Problemas técnicos relacionados a envios de arquivos que excederem o limite acima disposto deverão ser solucionados diretamente com a Coordenação do Prêmio Rui Bianchi – Tel: (11) 5212-3772 / premioruibianchi@sedpcd.sp.gov.br

  1. Não poderão participar deste Prêmio dirigentes e funcionários das entidades que compõem a sua Comissão Organizadora e Julgadora;
  2. As inscrições estão limitadas a, no máximo, 3 (três) trabalhos por autor ou equipe de autores, em quaisquer categorias expressas neste Regulamento, sendo que uma mesma matéria só poderá ser inscrita em 1 (uma) determinada categoria.
  3. A participação pode ser individual ou em equipe. Nos trabalhos em equipe, a inscrição deverá ser feita pelo principal responsável pelo trabalho.

9.1 – Para efeito de premiação, somente serão considerados membros da equipe aqueles profissionais citados no momento da inscrição. Após a confirmação de cada inscrição, não serão aceitas alterações na Ficha de Inscrição.

  1. Na Ficha de Inscrição devem constar os dados do concorrente e, em caso de equipe, as informações de todos seus integrantes, assinalada a condição dos colaboradores, quando houver.
  2. É obrigatório constar na Ficha de Inscrição a descrição da Pauta, bem como comprovação da veiculação com identificação de datas ou declaração de veiculação na falta de outro recurso que a comprove.
  3. É obrigatório anexar à Ficha de Inscrição documento de autorização do veículo que publicou originalmente a produção jornalística inscrita quando houver direitos autorais ou necessidade de consentimento para republicação;
  4. Os trabalhos somente serão aceitos quando acompanhados da Ficha de Inscrição devidamente preenchida de maneira completa em todas suas etapas (conforme instruções durante o processo da inscrição). A não observância destas regras implica no cancelamento da inscrição.
  5. O participante autoriza o uso de sua imagem em livros, apresentações, “site”, filmagens, ou quaisquer outros meios de divulgação, que estejam atreladas à premiação e ao trabalho inscrito no Prêmio Rui Bianchi.

 

COMPOSIÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DAS COMISSÕES

  1. A Comissão Organizadora do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” será composta por especialistas em inclusão indicados pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência;
  2. Cabe à Comissão Organizadora, em qualquer fase do concurso, a promoção de diligência destinada a verificar, confirmar ou esclarecer se produção jornalística inscrita no Prêmio Rui Bianchi está em exatidão com sua versão originalmente publicada;
  3. A convite da Comissão Organizadora do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi”, a Comissão Julgadora será composta por 12 (doze) profissionais da mídia e/ou especialistas em inclusão reconhecidos por seu notório saber e sem nenhum vínculo empregatício ou de qualquer outra natureza com a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, sendo 3 (três) para cada categoria do Prêmio.
  4. A composição das Comissões será divulgada no site do Prêmio Rui Bianchi simultaneamente à publicação deste regulamento.

 

JULGAMENTO

  1. O julgamento das produções jornalísticas inscritas no Prêmio obedecerá ao critério geral de estimular a produção de reportagens que contribuam com a percepção das pessoas com deficiência em suas diferentes dimensões sociais, políticas e subjetivas, como cidadãos titulares de plenos direitos, em especial para tomar suas próprias decisões e influir em todas as instâncias da sociedade.
  2. Todas as produções inscritas serão analisadas por uma Comissão Julgadora composta por doze profissionais da mídia e/ou especialistas em inclusão reconhecidos por seu notório saber e sem nenhum vínculo empregatício ou de qualquer outra natureza com a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência. – Três para cada uma das quatro categorias – e escolhidos pela Comissão Organizadora;
  3. Caberá aos membros da Comissão Julgadora avaliar e pontuar as produções inscritas, dando a cada uma delas nota de 0 (zero) a 10 (dez) segundo os critérios:
  4. Redação e abordagem baseada nos princípios da inclusão social;
  5. Terminologia adequada e de acordo com as recomendações da Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência
  6. Pertinência da pauta
  7. Acessibilidade
  8. Serão premiadas, de acordo com sua categoria, as matérias que totalizarem as notas mais altas.
  9. Em caso de empate, caberá à Comissão Organizadora realizar avaliação de desempate.
  10. As pontuações atribuídas às produções jornalísticas inscritas, inclusive em caso de empate e desempate, serão publicadas do site do Prêmio Rui Bianchi após a cerimônia de premiação quando serão revelados os vencedores;
  11. A Comissão Organizadora premiará apenas um trabalho por categoria. Os vencedores de cada uma das quatro categorias serão premiados com o valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) em dinheiro e receberão o troféu Rui Bianchi.
  12. Os segundos e terceiros colocados em cada uma das quatro categorias receberão o troféu Rui Bianchi.
  13. A Comissão Organizadora poderá conceder, a seu critério, até uma Menção Honrosa em cada uma das categorias inscritas. Neste caso, os autores receberão um Diploma.
  14. A Comissão Organizadora reserva-se o direito de não premiar qualquer categoria, caso julgue conveniente.
  15. O resultado do julgamento será conhecido durante cerimônia de premiação, em 10 de dezembro de 2018.
  16. As decisões da Comissão Julgadora são soberanas, respeitado o disposto neste Regulamento, e isentas de quaisquer interferências dos organizadores, patrocinadores e apoiadores, delas não cabendo qualquer espécie de impugnação ou recurso, seja a que pretexto for.

 

REALIZAÇÃO

  1. A realização do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” é atribuída a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Governo do Estado de São Paulo;
  2. A cerimônia de entrega do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” será realizada no dia 10 de dezembro de 2018, segunda-feira, a partir das 16h, em São Paulo, quando serão conhecidos os vencedores da edição 2018 do Prêmio;
  3. Os participantes da cerimônia de premiação assumirão as próprias despesas de viagem e traslado.

 

DISPOSIÇÕES FINAIS

  1. As despesas decorrentes da execução desta Resolução correrão por conta de dotações próprias consignadas no orçamento vigente, sem prejuízo do apoio de patrocinadores externos;
  2. Não poderão concorrer trabalhos que não versem sobre o tema Direitos Humanos e Inclusão Social das pessoas com deficiência e os que tenham sido produzidos originalmente para campanhas políticas ou veiculados como informe publicitário.
  3. Os trabalhos premiados passarão automaticamente a fazer parte do acervo do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi” e Memorial da Inclusão / Secretaria De Estado dos Direitos das Pessoa com Deficiência – Governo do Estado de São Paulo e disponíveis para consulta no www.memorialdainclusao.org.br
  4. Os trabalhos que não obedecerem às exigências do Regulamento serão recusados pela Comissão Organizadora.
  5. Os casos não previstos neste regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
  6. Não cabe recurso à decisão da Comissão Julgadora e da Comissão Organizadora, que se reserva o direito de recusar qualquer inscrição que julgar inadequada aos objetivos do Prêmio, bem como cancelar as categorias que não considerar suficientemente representativas.

—-

 

COMISSÃO ORGANIZADORA

Ana Maria Morales Crespo

Lara Souto Santana

Luiz Carlos Lopes

 

COMISSÃO JULGADORA

Ana Rita de Paula

Aracélia Costa

Carlos Clemente

Claúdia Werneck

Guilherme Bara

Izabel Maior

Leonardo Castilho

Lívia Maria Villela de Mello Motta

Mizael Conrado

Ricardo Ferraz

Rodrigo Mendes

Romeu Kazumi Sassak

Alterações Diário Oficial 24/08/2018

Direitos da Pessoa com Deficiência

GABINETE DA SECRETÁRIA

Resolução SEDPCD – 8, de 24-08-2018

Altera disposições contidas na Resolução SEDPcD

05, de 17-07-2018 Sobre o regulamento do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi”

Considerando que por meio da Resolução SEDPcD 05, de 17-07-2018, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência divulgou a abertura de credenciamento para os interessados em concorrer ao Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi”, instituído pelo Decreto estadual 58.904, de 22-02-2013, resolve alterar os dispositivos adiante elencados, que passarão a vigorar com as seguintes redações:

O tópico “Categorias”, em seu item 2, é acrescentado o sub item 2.1, com a seguinte redação:

2.1 – As matérias que concorrerão ao prêmio, deverão ter sido veiculadas no período de 01-01-2016 a 31-08-2018, inclusive.

O mesmo tópico “Categorias”, em seu item 4, passa a vigorar com a seguinte redação:

As inscrições serão gratuitas e terão início as 15h do dia 01-08-2018, com encerramento as 18h do dia 31-10-2018, impreterivelmente. O tópico “Julgamento”, em seu item 6, é acrescentado o sub item 6.1, com a seguinte redação:

6.1- O concurso ao Prêmio “Rui Bianchi” conta com as seguintes Comissões (Organizadora e Julgadora):

Comissão Organizadora

Ana Maria Morales Crespo
Lara souto Santana
Luiz Carlos Lopes

Comissão Julgadora

Ana Rita de Paula
Aracélia Costa
Carlos Clemente
Claúdia Werneck
Guilherme Bara
Izabel Maior
Leonardo Castilho
Lívia Maria Villela de Mello Motta
Mizael Conrado
Ricardo Ferraz
Rodrigo Mendes
Romeu Kazumi Sassak

 

O tópico “Julgamento”, em seu item 12, passa a vigorar com a seguinte redação:

O resultado do julgamento será conhecido durante cerimônia de premiação, que ocorrerá em 10-12-2018, domingo, a partir das 16h, em local a ser definido na cidade de São Paulo.

No tópico “Realização”, em seu item 14, passa a vigorar com a seguinte redação:

A cerimônia de entrega do Prêmio de Jornalismo “Rui Bianchi”, será realizada no dia 10-12-2018, domingo, a partir das 16h, em local a ser definido na cidade de São Paulo, onde serão conhecidos os vencedores do Prêmio.

Permanecem em pleno vigor as demais disposições veicula das pela Resolução SEDPcD 05, de 17-07-2018.

Facebooktwitter Voltar
Compartilhe

2019 - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.